Compra ações e paga 0€ em comissões. Abrir conta na corretora XTB!

Glossário Bolsa de Valores

Torne-se num investidor profissional na Bolsa de Valores. Aprenda com o blog Investir na Bolsa o que significa cada um dos termos utilizadores neste tipo de investimento:

  • A Prazo – É uma operação que tem um vencimento ou liquidação numa data futura, predeterminada.
  • À Vista – É uma operação com liquidação imediata (como a transação de ações), em que se dá a troca simultânea e imediata de um bem por dinheiro.
  • Ação (Share) – Uma ação representa uma parte de propriedade numa empresa, que é uma sociedade anónima, e o direito de receber parte dos benefícios dessa empresa, nomeadamente dividendos. Também poderá incluir outros direitos, como voto na Assembleia Geral e à informação.
  • Ação Agressiva – Tipo de ações que normalmente apresentam flutuações maiores que o conjunto do mercado. São as ações ideais para o início do Bull Market.
  • Ativo (Asset) – Os ativos são bens económicos com valor, tanto corpóreos, tais como fábricas, maquinaria, instrumentos financeiros, como intangíveis, como a marca registada de um produto.
  • Ativos Financeiros – Disponibilidades financeiras como as ações, obrigações do tesouro e títulos de participação, que as empresas podem utilizar para financiar as suas atividades a longo prazo.
  • Ação Cíclica – É uma ação cuja cotação oscila com os ciclos económicos ou com o ciclo próprio da atividade, a preferir no ciclo ascendente, e a evitar no descendente.
  • Ação Defensiva – Tipo de ações que normalmente apresentam flutuações menores que o conjunto do mercado, mais propícias para momentos de volatilidade baixa.
  • Ação Própria – Ação da própria empresa readquirida no mercado e mantida na carteira.
  • Alavancagem – Operação ou método que permite multiplicar os efeitos de um certo investimento, sendo usados nos CFD (Contratos por Diferença).
  • Análise Fundamental – Processo de avaliação do valor de uma empresa e do valor das ações, mediante a análise detalhada da sua situação económica e financeira atual (com base nos balanços patrimoniais e nos resultados financeiros) e previsão da situação futura.
  • Análise Técnica – Método de escolher ações e analisar e prever o mercado através do estudo da oferta e da procura. Procura-se o que vai subir. Neste tipo de análise, avalia-se a existência de oferta e da procura, apoiada na construção de gráficos históricos de evolução da cotação.
  • At-the-money – Situação em que o preço de exercício de uma opção é igual ao preço corrente do ativo de base ou subjacente. Significa que se a opção fosse exercida de imediato produziria um lucro nulo.
  • Aumento de Capital – Operação de reforço de capital social de uma sociedade através da entrada de fundos fornecidos pelos seus sócios ou acionistas. O aumento de capital pode realizar-se por entrada de novos sócios ou acionistas na empresa. Outra forma de aumento do capital social é mediante a incorporação de reservas da sociedade ou por conversão de obrigações convertíveis (Warrants), caso tenham sido emitidas pela instituição.
  • Averaging Down – Técnica de continuar a comprar ações que estão a descer de preço, de modo a ficar com um preço médio mais baixo que o da compra inicial.
  • Averaging Up – O contrário do anterior, continuar a comprar ações que estão a subir.
  • Banco Comercial – Banco especializado na admissão de depósitos e na concessão de créditos.
  • Banco de Investimento – Instituição financeira que desenvolve a sua atividade sobretudo na organização e tomada de emissões de títulos e no aconselhamento de empresas e particulares.
  • BCE – Banco Central Europeu.
  • Bear – Pessoa cuja perspectiva sobre o futuro do mercado é negativa.
  • Bear Market – Mercado com sentimento negativo.
  • Benchmark – É a medida padrão de um instrumento financeiro usado como referência para comparar a performance e a competitividade de instrumentos similares no mercado.
  • Beta – Medida de volatilidade de uma ação ou de um portefólio, que se obtém por relação com o mercado. O número indica o múltiplo de variabilidade do valor em causa por relação com o do Índice.
  • Bid – A mais alta oferta de preço de compra de um título num específico momento das trasações.
  • Bilhete do Tesouro – Título representativo da dívida de curto prazo do Estado.